Controladas da Eletrobras recebem R$ 5,47 bi à vista

Valor foi pago às controladas Chesf, Furnas, Eletrosul e Eletronorte como parte da indenização pela renovação antecipada de concessões de geração e transmissão de energia

Controladas da Eletrobras recebem R$ 5,47 bi à vista
Controladas da Eletrobras recebem R$ 5,47 bi à vista
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SÃO PAULO, 29 Jan (Reuters) - As controladas da Eletrobras Chesf, Furnas, Eletrosul e Eletronorte receberam 5,47 bilhões de reais à vista como parte da indenização pela renovação antecipada de concessões de geração e transmissão de energia, informou na noite de segunda-feira a estatal.

As empresas também receberam no total uma primeira parcela de 441,8 milhões de reais, segundo comunicado.

A Eletrobras é o grupo de energia mais afetado pela renovação onerosa das concessões, parte do plano da presidente Dilma Rousseff para reduzir as tarifas de energia, para aumentar a competitividade da indústria nacional e estimular a economia. No final de outubro, a empresa havia estimado que esperava receber indenização do governo de cerca de 30 bilhões de reais, valor negado pelo governo

Segundo explicação da Eletrobras, Chesf, Eletronorte e Eletrosul optaram pelo recebimento de 50 por cento do valor à vista e o restante parcelado e a controlada Furnas optou "pelo recebimento de grande parte valor da indenização de forma parcelada". A empresa não informou o número de parcelas.

O valor original de indenização a ser recebida é de 14,092 bilhões de reais, segundo o comunicado.

Chesf recebeu 3,49 bilhões de reais à vista e primeira parcela de 163,5 milhões de reais, enquanto Furnas recebeu 66,6 milhões e uma primeira parcela de 186,5 milhões. Já Eletrosul registrou 1,015 bilhão de reais à vista e primeira parcela de 49,7 milhões, enquanto Eletronorte apurou 896,7 milhões e parcela de 42,1 milhões de reais.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247