Coronavírus: Banco do Brasil tem queda de 20,1% nos lucros do 1° trimestre

Recuo acontece como consequência do aumento das reservas para cobrir eventuais calotes durante a crise econômica do coronavírus. Relatório do Banco do Brasil informa que R$ 1,17 bilhão ficou reservado para o segmento de pessoas físicas

Banco do Brasil
Banco do Brasil (Foto: Arquivo/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O lucro do Banco do Brasil teve queda de 20,1% no primeiro trimestre de 2020, quando comparado ao mesmo período de 2019, que registra a primeira retração desde 2016. O recuo aconteceu como consequência do aumento das reservas para cobrir eventuais calotes durante a crise econômica do novo coronavírus. A informação é do jornal Folha de S. Paulo.   

As provisões para cobrir calotes tiveram alta de 63,3% no período, para R$ 5,5 bilhões. O Banco do Brasil informou através de relatório divulgado nesta quinta-feira (7) que R$ 1,17 bilhão ficou reservado para o segmento de pessoas físicas. O segmento de pessoa jurídica ficou com R$ 824 milhões, acrescenta a reportagem. O agronegócio tem R$ 46 milhões.

A inadimplência do banco público ficou em 3,17%, com registro de aumento de 0,17% ante o primeiro trimestre de 2019. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247