Defensoria Pública entra com ação para tirar notas de R$ 200 de circulação

A alegação da ação é a “falta de acessibilidade”, devido ao fato de a nova cédula ter as mesmas dimensões da nota de R$ 20

A nova cédula do Banco Central, de 200 reais, é apresentada oficialmente nesta quarta-feira. 02/09/2020.
A nova cédula do Banco Central, de 200 reais, é apresentada oficialmente nesta quarta-feira. 02/09/2020. (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247  - A Defensoria Pública da União (DPU) entrou com Ação Civil Pública na Justiça para que o Banco Central (BC) suspenda a confecção e tire de circulação a nota de R$ 200, lançada em setembro pela autoridade monetária. A alegação da ação é a “falta de acessibilidade”, devido ao fato de a nova cédula ter as mesmas dimensões da nota de R$ 20. A informação é do portal IG. 

“A inviabilização da identificação da nova cédula pelas pessoas com deficiência visual, por gerar efeitos de exclusão e prejuízo ao exercício dos direitos dessa comunidade, caracteriza discriminação por parte da Administração Pública”, diz trecho da ação da Defensoria Pública da União contra a nota de R$ 200.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email