Depois da Zelotes, chega ao fim a farra do Carf

Ministério da Fazenda suspende todas as sessões do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) previstas para 2015; no último dia 26, o Ministério Público Federal, a Corregedoria do Ministério da Fazenda, Receita Federal e Policia Federal deflagraram a Operação Zelotes com o objetivo de desarticular organizações que atuavam no Carf manipulando o trâmite de processos e o resultado de julgamentos; prejuízo estimado aos cofres da União pode chegar a R$ 19 bilhões

MINISTÉRIO DA FAZENDA
MINISTÉRIO DA FAZENDA (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Daniel Lima, Repórter da Agência Brasil - O Ministério da Fazenda informou hoje (31) que as sessões de julgamento do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) – antigo Conselho de Contribuintes da Receita –, previstas no calendário para 2015, serão reprogramadas para adequação às necessidades do órgão.

Em decorrência, ficam suspensas as sessões de julgamento de todos os colegiados até a divulgação de novo calendário a ser publicado no site do Carf na internet, sem prejuízo do total de sessões previstas para o ano.

No último dia 26, o Ministério Público Federal, a Corregedoria do Ministério da Fazenda, Receita Federal e Policia Federal (PF) deflagraram a Operação Zelotes com o objetivo de desarticular organizações que atuavam no Carf manipulando o trâmite de processos e o resultado de julgamentos.

O prejuízo estimado aos cofres da União pode chegar a R$ 19 bilhões, valor economizado pelas empresas envolvidas, segundo a PF.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247