Desde o golpe, 3 milhões saíram dos planos de saúde

Os efeitos negativos do golpe no Brasil são cada vez mais evidentes; em 2017, pelo terceiro ano consecutivo, o número de brasileiros com planos de saúde registrou queda, com 281,6 mil pessoas deixando de ter acesso à saúde suplementar; em três anos, houve redução de 3,1 milhões de usuários

Desde o golpe, 3 milhões saíram dos planos de saúde
Desde o golpe, 3 milhões saíram dos planos de saúde (Foto: Divulgação)

247 - O número de brasileiros com planos de saúde registrou queda pelo terceiro ano consecutivo. Em 2017, 281,6 mil pessoas deixaram de ter acesso à saúde suplementar. Eram 47,3 milhões de beneficiários em dezembro passado ante 47,6 milhões no mesmo mês de 2016, de acordo com dados Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Em três anos, houve redução de 3,1 milhões de usuários.

A velocidade dessa retração, no entanto, caiu significativamente. Em 2016, o setor havia registrado perda de 1,6 milhão de consumidores. O resultado, dizem especialistas, é fruto da recuperação da economia brasileira, que deve registrar em 2017 o primeiro resultado positivo — a expectativa é de crescimento de 1% — após dois anos de recuo do PIB (Produto Interno Bruto).

— Quando olhamos os dados mais recentes percebemos uma pequena recuperação, mas no ano o número ainda é negativo, o que está totalmente conectado à situação econômica do país. Esperamos uma recuperação gradual, que dependerá do mercado de trabalho. Vínhamos de uma década de crescimento constante com a melhora da renda e a expansão do acesso da população à saúde suplementar. Estamos num momento de reversão do ciclo — avalia Sandro Leal, superintendente de Regulação da Federação Nacional de Saúde (FenaSaúde).

 

As informações são de reportagem de Luciana Casemiro em O Globo

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247