Desembolsos do BNDES continuam em queda; valor em agosto é o menor desde 2007

Os desembolsos do BNDES seguem em queda livre no Brasil de Michel Temer; o banco de fomento informou que desembolsou R$ 44,95 bilhões em volume de financiamentos nos 8 primeiros meses do ano, uma queda de 19% frente ao mesmo período de 2016; apenas em agosto, o desembolso do BNDES foi de R$ 4,7 bilhões, queda de 32% em relação ao mesmo mês do ano passado e o menor montante desde os R$ 4,303 bilhões, a preços constantes, de fevereiro de 2007

Brasil, Rio de Janeiro, RJ. 06/05/2010. Prédio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no centro do Rio de Janeiro. - Crédito:PAULO VITOR/AGÊNCIA ESTADO/AE/Codigo imagem:56876
Brasil, Rio de Janeiro, RJ. 06/05/2010. Prédio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no centro do Rio de Janeiro. - Crédito:PAULO VITOR/AGÊNCIA ESTADO/AE/Codigo imagem:56876 (Foto: Giuliana Miranda)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) informou nesta terça-feira (19) que desembolsou R$ 44,95 bilhões em volume de financiamentos nos 8 primeiros meses do ano, uma queda de 19% frente ao mesmo período de 2016.

Apenas em agosto, o desembolso do BNDES foi de R$ 4,7 bilhões, queda de 32% em relação ao mesmo mês do ano passado e o menor montante desde os R$ 4,303 bilhões, a preços constantes, de fevereiro de 2007.

Na comparação com julho, quando foram liberados R$ 6,7 bilhões em financiamento, a queda foi de 29,5%.

Em 12 meses, os desembolsos somam R$ 77,7 bilhões, um recuo de 27% na comparação anual. Em 2016, os desemboldos somaram R$ 88,3 bilhões, o menor volume em empréstimos desde 2007.

As informações são de reportagem do G1.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247