Desemprego entre pretos e pardos é cinco pontos maior do que entre brancos

Segundo o IBGE, a taxa de desemprego entre os brasileiros que se declaram brancos (9,5%) permaneceu significativamente abaixo da taxa de desocupação dos autodeclarados pretos (14,5%) e pardos (14,0%) no segundo trimestre. A taxa de desemprego média global no período foi de 12%

247 - Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados nesta quinta-feira, 15, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que a população negra sofre muito mais com o desemprego. 

A taxa de desemprego entre os brasileiros que se declaram brancos (9,5%) permaneceu significativamente abaixo da taxa de desocupação dos autodeclarados pretos (14,5%) e pardos (14,0%) no segundo trimestre. A taxa de desemprego média global no período foi de 12%.

Segundo o IBGE, no segundo trimestre de 2019, a população desempregada totalizou 12,8 milhões de pessoas. A participação dos pardos foi de 52,1%; a dos brancos reduziu, 34,7%; e a dos pretos, 12,2%. 

Leia mais sobre o desemprego no Brasil 247

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247