Desemprego quase dobra em 4 anos e atingiu 12,8 milhões de pessoas em 2018

De 2014 a 2018, o número de desempregados quase dobrou no Brasil: passou de 6,7 milhões para 12,8 milhões (alta de 90,3%), segundo dados divulgados nesta quinta-feira (31) pelo IBGE; o mercado de trabalho vem mostrando dificuldade de recuperação diante do crescimento da economia; as expectativas para crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) para este ano estavam em apenas 2,5%.

Desemprego quase dobra em 4 anos e atingiu 12,8 milhões de pessoas em 2018
Desemprego quase dobra em 4 anos e atingiu 12,8 milhões de pessoas em 2018
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - De 2014 a 2018, o número de desempregados quase dobrou no Brasil: passou de 6,7 milhões para 12,8 milhões (alta de 90,3%), segundo dados divulgados nesta quinta-feira (31) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A reportagem é do UOL. 

No último trimestre de 2018, o desemprego no país foi de 11,6%, em média. O índice caiu 0,3 ponto percentual em relação ao trimestre anterior (11,9%). Na comparação com o mesmo período do ano passado (11,8%), o quadro é considerado estável. Com isso, a taxa média anual recuou 0,4 ponto percentual, de 12,7%, em 2017, para 12,3% em 2018. Os dados fazem parte da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios).

Segundo o IBGE, o número de desempregados no Brasil foi de 12,2 milhões de pessoas no último trimestre. Isso representa queda de 2,4% em relação ao trimestre anterior. Na comparação com o mesmo período de 2017, houve estabilidade.

Recuperação lenta

O mercado de trabalho vem mostrando dificuldade de recuperação diante do crescimento da economia.

Pesquisa Focus mais recente do Banco Central, que ouve cerca de uma centena de economistas toda semana, mostrou que as expectativas para crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) para este ano estavam em 2,5%.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email