Diante de crise econômica, Aneel suspende corte no forneceimento de energia por falta de pagamento

A medida vale por 90 dias, mas pode ser alterada "caso as medidas de vedação à suspensão do fornecimento resultem em aumento da inadimplência”

(Foto: Aneel/Divulgação)

247 - Diante da crise na economia provocada pela pandemia do coronavírus, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu suspender os cortes no fornecimento de energia elétrica por falta de pagamento dos consumidores nesta terça-feira, 24. A medida vale por 90 dias, mas pode ser alterada, conforme informa reportagem do G1.

A suspensão vale para todas as residências, urbanas e rurais, e para os serviços considerados essenciais, como os hospitais. A medida não isenta os consumidores do pagamento, pois é apenas uma garantia da continuidade do fornecimento para quem não tiver condição manter as faturas em dia.

A resolução da Aneel prevê outras medidas. Veja:

  1. suspensão da entrega mensal da fatura impressa;
  2. entrega pessoal de faturas;
  3. suspensão do descadastramento de famílias da tarifa social;
  4. suspensão de atendimento presencial ao público;
  5. entrega pessoal de faturas;
  6. suspensão do descadastramento de famílias da tarifa social;
  7. elaboração de planos de contingência específicos para atender hospitais e locais usados para o tratamento da população.

Entretanto, "caso as medidas de vedação à suspensão do fornecimento resultem em aumento da inadimplência, o Órgão Regulador certamente terá que adotar medidas alternativas para garantia da sustentabilidade do setor elétrico", informou a agência.

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247