Dilma discute com ministros cortes de até R$ 80 bilhões

Assunto será o foco de uma reunião convocada pela presidente Dilma Rousseff para domingo (17) e o tamanho do contingenciamento deverá ser anunciado na próxima quinta-feira (21); Planalto também espera unificar o discurso que deverá ser feito pelos ministros, de maneira a evitar declarações contrárias às medidas que integram o plano de ajuste

Assunto será o foco de uma reunião convocada pela presidente Dilma Rousseff para domingo (17) e o tamanho do contingenciamento deverá ser anunciado na próxima quinta-feira (21); Planalto também espera unificar o discurso que deverá ser feito pelos ministros, de maneira a evitar declarações contrárias às medidas que integram o plano de ajuste
Assunto será o foco de uma reunião convocada pela presidente Dilma Rousseff para domingo (17) e o tamanho do contingenciamento deverá ser anunciado na próxima quinta-feira (21); Planalto também espera unificar o discurso que deverá ser feito pelos ministros, de maneira a evitar declarações contrárias às medidas que integram o plano de ajuste (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A presidente Dilma Rousseff discutirá com os ministros os cortes que serão realizados no Orçamento Geral da União ao longo do ano e que devem variar entre R$ 60 bilhões e R$ 80 bilhões. O assunto será o foco de uma reunião convocada pela presidente para este domingo (17). O anúncio do tamanho do contingenciamento deverá ser feito na próxima quinta-feira (21).

Além de discutir os cortes no orçamento, o Planalto também espera unificar o discurso que deverá ser feito pelos ministros, de maneira a evitar declarações contrárias às medidas que integram o plano de ajuste fiscal proposto pelo governo.

O anúncio do contingenciamento também serviria para sinalizar ao mercado sobre a disposição do governo em promover o ajuste fiscal. Neste caso, caso a situação da economia melhore e os efeitos do ajuste aprovado pelo Congresso sejam positivos, o governo poderá revisar o contingenciamento no final do ano.

 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247