Dilma diz que errou ao promover desoneração visando elevar investimentos

Durante evento para estudantes brasileiros em Genebra, na Suíça, a presidente deposta Dilma Rousseff disse que o seu governo errou ao promover a desoneração de impostos e tributos, como meio de alavancar o investimento privado; "A cultura no Brasil é a de que é um absurdo pagar imposto. Mas como faz programa social sem impostos?", questionou; "Eu acreditava que, se eu diminuísse impostos, teria um aumento de investimentos", disse; "Eu diminuí. Eu me arrependo disso. No lugar de investir, eles aumentaram a margem de lucro", destacou

Durante evento para estudantes brasileiros em Genebra, na Suíça, a presidente deposta Dilma Rousseff disse que o seu governo errou ao promover a desoneração de impostos e tributos, como meio de alavancar o investimento privado; "A cultura no Brasil é a de que é um absurdo pagar imposto. Mas como faz programa social sem impostos?", questionou; "Eu acreditava que, se eu diminuísse impostos, teria um aumento de investimentos", disse; "Eu diminuí. Eu me arrependo disso. No lugar de investir, eles aumentaram a margem de lucro", destacou
Durante evento para estudantes brasileiros em Genebra, na Suíça, a presidente deposta Dilma Rousseff disse que o seu governo errou ao promover a desoneração de impostos e tributos, como meio de alavancar o investimento privado; "A cultura no Brasil é a de que é um absurdo pagar imposto. Mas como faz programa social sem impostos?", questionou; "Eu acreditava que, se eu diminuísse impostos, teria um aumento de investimentos", disse; "Eu diminuí. Eu me arrependo disso. No lugar de investir, eles aumentaram a margem de lucro", destacou (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A presidente deposta Dilma Rousseff disse que o seu governo errou ao promover a desoneração de impostos e tributos como meio de alavancar o investimento privado. "A cultura no Brasil é a de que é um absurdo pagar imposto. Mas como faz programa social sem impostos?", questionou Dilma durante um evento para estudantes brasileiros em Genebra, na Suíça.

"Eu acreditava que, se eu diminuísse impostos, eu teria um aumento de investimentos", disse. "Eu diminuí. Eu me arrependo disso. No lugar de investir, eles aumentaram a margem de lucro", destacou.

Tanto durante o evento como em entrevistas à veículos de comunicação suíços, Dilma reconheceu ter cometido erros ao longo de seu governo. "Sempre temos de reconhecer erros. Em certos momentos, você repassa a sua vida. O que eu poderia ter feito diferente", comentou.

Dilma, porém, destacou que os resultados econômicos do seu governo foram subestimados em razão da crise mundial. "Todos sabem que, na metade de 2014, houve queda significativa dos preços das commodities. Isso afeta a arrecadação do Brasil e nossa balança comercial", observou.

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247