Diretora da ANP diz que o Brasil precisa de mais Eikes

À frente da agência que afastou dois técnicos que multaram empresas de Eike Batista, Magda Chambriard nega favorecimento ao empresário, diz que ele entrega o que promete aos investidores e afirma que, no futuro, também irá trabalhar em alguma empresa privada de petróleo

Diretora da ANP diz que o Brasil precisa de mais Eikes
Diretora da ANP diz que o Brasil precisa de mais Eikes (Foto: Aline Massuca/Valor)

247 - Diretora da Agência Nacional de Petróleo, Magda Chambriard concedeu uma surpreendente entrevista à Folha, em que afirmou que o empresário Eike Batista, dono da OGX, entrega o que promete aos investidores – muito embora acionistas privados tenham colocado suas ações em liquidação nas últimas semanas.

"A OGX já furou mais de cem poços. Não é empresa ruim, ela investe mais do que as outras, até mais do que devia, e faz as coisas mais rápido que as outras. Na última reunião de diretoria, vimos os planos de avaliação da Petrobras, que são longos, enquanto os da OGX levam 5, 8 meses. Gostaria de ter mais Eikes' nos leilões, ele pelo menos entrega produção", disse ela.

Magda Chambriard também negou favorecimento do governo às empresas de Eike. No entanto, dois técnicos da ANP foram afastados por defender uma atuação à empresa OGX, do bilionário (leia mais aqui). "Era outro fiscal que estava responsável pela fiscalização. Não tinha por que outro funcionário interferir", afirma Magda.

Um dos funcionários em questão, Pietro Mendes, defendeu a autuação alegando riscos na segurança da plataforma. "Se ela [a plataforma] fosse insegura, eu ia ser a primeira a querer fechar, mas o fiscal é que vai me dizer isso, em relatório que sai em breve", diz Chambriard.

Ela afirmou ainda que, no futuro, irá migrar para o setor privado. "Quando saem daqui [da ANP], as pessoas não vão nem morrer nem deixar de trabalhar. Eu também, daqui a algum tempo, vou estar em alguma petroleira."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247