Economia deve encolher entre 8% e 10% no 2º trimestre, diz ministério

"PIB brasileiro teve queda de 1,5% nos primeiros três meses de 2020 e projeta-se contração em torno de 8% a 10% no segundo trimestre”, disse a Secretaria de Política Econômica em nota

Funcionários trabalham em fábrica de paineis de energia solar em Campinas
Funcionários trabalham em fábrica de paineis de energia solar em Campinas (Foto: REUTERS/Amanda Perobelli)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil deve encolher entre 8% e 10% no segundo trimestre, de acordo com projeções do Ministério da Economia divulgadas nesta terça-feira (18). “O PIB brasileiro teve queda de 1,5% nos primeiros três meses de 2020 e projeta-se contração em torno de 8% a 10% no segundo trimestre”, disse a pasta em nota. 

Ainda segundo o ministério, "a evolução do PIB no primeiro semestre de 2020 reflete a crise causada pela interrupção do comércio e das atividades normais da sociedade. No primeiro trimestre, muitas das grandes economias registraram quedas expressivas do produto trimestral, mas inferiores a 10%". 

"No segundo trimestre, as quedas foram ainda mais impactantes, com muitos países registrando valores (de retração do PIB) acima de 10%. O PIB brasileiro teve queda de 1,5% nos primeiros três meses de 2020 e projeta-se contração em torno de 8% a 10% no segundo trimestre, em comparação ao trimestre imediatamente anterior", completa o texto da Secretaria de Política Econômica (SPE).

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247