Em 2021, ‘vamos para o abismo social’, prevê Mercadante

“Não tem recuperação econômica em ‘V’, em ‘V’ é a pandemia. Estamos caminhando para uma crise social sem precedentes”, cravou o ex-ministro, ressaltando números trágicos da economia: “temos 14 milhões de desempregados. 23 milhões de famílias não estão trabalhando”. Assista na TV 247

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em debate no programa Pauta Brasil, que estreou nesta segunda-feira (18) com transmissão pela TV 247, o ex-ministro Aloizio Mercadante, presidente da Fundação Perseu Abramo, afirmou que a verdadeira crise social chegará a partir de fevereiro no Brasil.

Segundo ele, o fim do auxílio emergencial somado ao desemprego, ao alto índice de desalentados e à inflação farão com que o país viva uma convulsão social.

Ele ainda desmentiu argumentos do ministro da Economia, Paulo Guedes, de que a economia brasileira estaria se recuperando em “V”. “Não tem recuperação econômica em ‘V’, em ‘V’ é a pandemia”, falou. “Estamos caminhando para uma crise social sem precedentes”, cravou o ex-ministro.

“A recuperação econômica está arrefecendo. Sem os estímulos do Estado, nós estamos falando em mais de R$850 bilhões de déficit no ano passado, não tem sustentação. Só de auxílio emergencial foram R$320 bilhões, quase 10 vezes o Bolsa Família, então não há perspectiva de recuperação. Estamos caminhando para uma desaceleração novamente, um quadro de estagnação e uma crise social sem precedentes. Nós temos 14 milhões de desempregados. Pelo PNAD COVID19, 23 milhões de famílias não estão trabalhando e gostariam de trabalhar, você tem que somar isso. Estamos falando de 37 milhões de famílias. Em um quadro de quase 40 milhões de desempregados, sem o auxílio emergencial e com esse teto de gastos que vai sacrificar a Educação e Saúde, essa conta ainda não chegou. A alimentação subiu 15% no ano passado, os aluguéis cresceram brutalmente, então a inflação para a baixa renda foi o dobro do que para as pessoas que têm mais posse. A partir de fevereiro é um abismo social, vamos para uma crise social de grande magnitude, que ainda não chegou”, disse.

O programa Pauta Brasil receberá especialistas, lideranças políticas e gestores públicos para discutir os grandes temas da conjuntura política brasileira. Os debates serão realizados às segundas, quartas e sextas-feiras, sempre às 17h, e serão transmitidos na TV 247.

Inscreva-se na TV 247, seja membro e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email