Em meio ao caos, Ibovespa fecha semana no menor nível desde janeiro

Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) fechou a semana com o menor patamar registrado desde janeiro, sob influência da paralisação os caminhoneiros e as reações dos investidores ao anúncio de redução no preço do óleo diesel anunciado pela Petrobras; o índice de ações caiu 1,53% e chegou a 78.897 pontos, o menor fechamento desde 10 de janeiro; volume total de operações foi de R$ 12,295 bilhões

Bovespa bateu recorde de movimentação financeira em 2011
Bovespa bateu recorde de movimentação financeira em 2011 (Foto: Aquiles Lins)

Agência Brasil - O índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) fechou a semana com o menor patamar registrado desde janeiro, sob influência da paralisação os caminhoneiros e as reações dos investidores ao anúncio de redução no preço do óleo diesel anunciado pela Petrobras. O índice de ações caiu 1,53% e chegou a 78.897 pontos, o menor fechamento desde 10 de janeiro. O volume total de operações foi de R$ 12,295 bilhões.

O Ibovespa acumulou uma queda de 5,03% na semana. No ano, o índice ainda contabiliza alta de 3,26%, mesmo com a queda de 8,4% no acumulado de maio após a queda de 14% registrada ontem.

Queda

As ações da Petrobras também registraram nova queda hoje (25), mas com índices menores dos 14% registrados no pregão de ontem (24). As ações preferenciais da estatal (que dão preferência na distribuição de dividendos) caíram 1,39%, e as ações ordinárias (direito a voto em assembleias da empresa), 0,73%. Os investidores atuam com cautela em relação à estatal, acompanhando os desdobramentos das mudanças na política de preços e as reações do presidente da estatal, Pedro Parente.

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247