Embraer confirma processo de venda para a Boeing

Falando no Singapore Airshow, o presidente da unidade de aviação comercial da Embraer, John Slattery, disse em uma coletiva de imprensa que a Embraer ainda não recebeu uma proposta da Boeing; "O único motivo para isso é que as partes continuam a trabalhar na identificação de estruturas que possam funcionar", disse ele

Falando no Singapore Airshow, o presidente da unidade de aviação comercial da Embraer, John Slattery, disse em uma coletiva de imprensa que a Embraer ainda não recebeu uma proposta da Boeing; "O único motivo para isso é que as partes continuam a trabalhar na identificação de estruturas que possam funcionar", disse ele
Falando no Singapore Airshow, o presidente da unidade de aviação comercial da Embraer, John Slattery, disse em uma coletiva de imprensa que a Embraer ainda não recebeu uma proposta da Boeing; "O único motivo para isso é que as partes continuam a trabalhar na identificação de estruturas que possam funcionar", disse ele (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

CINGAPURA (Reuters) - A Embraer SA, as autoridades brasileiras e a Boeing ainda estão em negociações para uma possível combinação entre as duas fabricantes de aeronaves, disse um alto funcionário da Embraer na quarta-feira.

Falando no Singapore Airshow, o presidente da unidade de aviação comercial da Embraer, John Slattery, disse em uma coletiva de imprensa que a Embraer ainda não recebeu uma proposta da Boeing.

"O único motivo para isso é que as partes continuam a trabalhar na identificação de estruturas que possam funcionar", disse ele.

Já a Boeing disse que as principais questões para a formação da parceria ainda estão sendo negociadas, e enfatizou que o preço deve fazer sentido para todos os interessados.

"Nossas conversas continuam avançando de forma produtiva, mas há questões-chave que permanecem", disse Phil Musser, vice-presidente sênior de comunicações da Boeing, à Reuters.

"Conforme observado durante a conferência sobre os resultados, esta é uma combinação vencedora, mas não é uma 'necessidade' para a Boeing. Os termos finais e o preço devem gerar o melhor valor para os nossos clientes, investidores e países para fornecer uma ótima plataforma para sucesso", disse ele em uma entrevista no Singapore Airshow.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email