Fazenda prevê arrecadar até R$ 30 bi com privatizações em 2017

Governo interino já conta com a venda da Caixa Seguridade, IRB, participações da Infraero em aeroportos e concessões de rodovias, portos e aeroportos; o objetivo central da medida é arrecadar recursos para reduzir o deficit público e contribuir para a queda da dívida pública (a dívida bruta subiu de 66,5% para 68,6% do PIB nos cinco primeiros meses deste ano)

Governo interino já conta com a venda da Caixa Seguridade, IRB, participações da Infraero em aeroportos e concessões de rodovias, portos e aeroportos; o objetivo central da medida é arrecadar recursos para reduzir o deficit público e contribuir para a queda da dívida pública (a dívida bruta subiu de 66,5% para 68,6% do PIB nos cinco primeiros meses deste ano)
Governo interino já conta com a venda da Caixa Seguridade, IRB, participações da Infraero em aeroportos e concessões de rodovias, portos e aeroportos; o objetivo central da medida é arrecadar recursos para reduzir o deficit público e contribuir para a queda da dívida pública (a dívida bruta subiu de 66,5% para 68,6% do PIB nos cinco primeiros meses deste ano) (Foto: Roberta Namour)

247 - A equipe do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, estima que o programa de privatizações e concessões do governo interino de Michel Temer irá render entre R$ 20 bilhões e R$ 30 bilhões ao caixa do Tesouro Nacional em 2017.

Governo interino já conta com a venda da Caixa Seguridade, IRB, participações da Infraero em aeroportos e concessões de rodovias, portos e aeroportos.

O objetivo central da medida é arrecadar recursos para reduzir o deficit público e contribuir para a queda da dívida pública (a dívida bruta subiu de 66,5% para 68,6% do PIB nos cinco primeiros meses deste ano).

Temer também pressiona estados a vender ativos para pagar parte da dívida com a União, em uma contrapartida à renegociação concedida no início do mês.

Leia aqui reportagem de Maria Cristina Frias sobre o assunto.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247