Fiat: Solução menos traumática é a que for mais rápida

Stefan Ketter, presidente da Fiat Chrysler Automobiles (FCA) para América Latina, disse que "a crise é política, e a política deve resolvê-la. Mas que não demore, porque isso destrói a indústria, a confiança, os investimentos. Há vários fornecedores quebrando por falta de perspectiva"; o grupo anunciou recentemente que deseja fazer do Brasil uma plataforma de exportações

Stefan Ketter, presidente da Fiat Chrysler Automobiles (FCA) para América Latina, disse que "a crise é política, e a política deve resolvê-la. Mas que não demore, porque isso destrói a indústria, a confiança, os investimentos. Há vários fornecedores quebrando por falta de perspectiva"; o grupo anunciou recentemente que deseja fazer do Brasil uma plataforma de exportações
Stefan Ketter, presidente da Fiat Chrysler Automobiles (FCA) para América Latina, disse que "a crise é política, e a política deve resolvê-la. Mas que não demore, porque isso destrói a indústria, a confiança, os investimentos. Há vários fornecedores quebrando por falta de perspectiva"; o grupo anunciou recentemente que deseja fazer do Brasil uma plataforma de exportações (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - "A solução menos traumática para a crise é a que for mais rápida", afirmou Stefan Ketter, presidente da Fiat Chrysler Automobiles (FCA) para América Latina.

"A crise é política, e a política deve resolvê-la. Mas que não demore, porque isso destrói a indústria, a confiança, os investimentos. Há vários fornecedores quebrando por falta de perspectiva", disse o executivo, em entrevista à colunista Maria Cristina Fria.

O grupo anunciou recentemente que deseja fazer do Brasil uma plataforma de exportações (leia aqui).

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247