Globo ataca Lula e Mantega para defender a sua fracassada ponte para o futuro

Jornal dos Marinho tenta defender o neoliberalismo que fracassou após o golpe de estado de 2016 e classifica críticos como "terraplanistas"

www.brasil247.com - Lula
Lula (Foto: Ricardo Stuckert)


247 – Diante da liderança folgada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas pesquisas eleitorais, as forças que patrocinaram o golpe de estado de 2016 e sua prisão em 2018, para que um governo usurpador, de Michel Temer, e um neofascista, de Jair Bolsonaro, implantassem um choque neoliberal no Brasil, tentam agora constranger o Partido dos Trabalhadores a manter a fracassada 'ponte para o futuro'. É o que faz hoje o jornal O Globo, da família Marinho, que esteve na linha de frente do golpismo nos últimos anos, em seu editorial.

"É intrigante a ambivalência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre o programa econômico de sua candidatura à Presidência. Só entra no assunto a contragosto. De um lado, tenta emitir sinais de tranquilidade a empresários e ao mercado financeiro, corteja o ex-tucano Geraldo Alckmin para ser seu vice e cultiva a imagem, semeada em seu governo, do pragmático que não fará loucuras. Ao mesmo tempo, economistas e lideranças de seu partido continuam a defender o 'terraplanismo fiscal' que marcou as gestões petistas e o ideário desenvolvimentista que jamais deu certo no Brasil", escreve o jornal, que falsifica a história, uma vez que os governos Lula tiveram média de crescimento superior a 4% ao ano e a "confiança" jamais voltou após o golpe de estado e a 'ponte para o futuro'.

"Exemplos dessa leitura singular dos fatos econômicos têm se repetido com regularidade. A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, celebrou o retrocesso nas privatizações de empresas de energia na Argentina. O próprio Lula apoiou a revogação da reforma trabalhista espanhola, criticou a política de preços da Petrobras e não cansa de defender seu desastroso programa de subsídios e protecionismo à indústria naval (chegou a afirmar que o objetivo da Operação Lava-Jato era destruí-la)", prossegue ainda o Globo, que parece defender a destruição de empregos, a inflação alta e a precarização do trabalho no Brasil.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O jornal O Globo também critica o artigo do ex-ministro Guido Mantega e acusa o governo da ex-presidente Dilma Rousseff de ter feito a dívida interna explodir – o que também falsifica a história, uma vez que o maior crescimento da dívida ocorreu justamente após o teto de gastos e a falta de crescimento e de investimentos públicos que marcou a era Temer-Bolsonaro. O Globo também rotula os que criticam a ponte para o futuro como "terraplanistas fiscais", quando, na verdade, o Globo é que adota uma agenda terraplanista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Se é esse mesmo o programa econômico de Lula, ele deveria ser explícito a respeito. Economia é área crítica em qualquer governo. Não é razoável que o favorito nas eleições seja ambíguo ou omisso sobre o tema. O eleitor tem o direito de saber no que está votando, sob pena de se arrepender depois", finaliza o jornal, mas o eleitor parece saber no que está votando.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email