Governo Bolsonaro deve contingenciar R$ 30 bi e reduzir estimativa do PIB

Governo Jair Bolsonaro irá reduzir a estimativa oficial de crescimento do PIB neste ano a cerca de 2,25%, ficando no meio do caminho entre sua previsão original e o desempenho esperado pelo mercado, segundo fonte da agência de notícias Reuters; ainda segundo a reportagem, o governo também irá fazer um contingenciamento nas despesas do orçamento "bem próximo de 30 bilhões de reais"; contingenciamento teria como objetivo assegurar o cumprimento da meta de resultado primário, fixada neste ano em um déficit de R$ 139 bilhões

Governo Bolsonaro deve contingenciar R$ 30 bi e reduzir estimativa do PIB
Governo Bolsonaro deve contingenciar R$ 30 bi e reduzir estimativa do PIB (Foto: ABr | Reuters)

Reuters - O governo irá reduzir a estimativa oficial de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano a cerca de 2,25 por cento, ficando no meio do caminho entre sua previsão original e o desempenho esperado pelo mercado, afirmou uma fonte da equipe econômica com conhecimento direto do assunto.

Em condição de anonimato, a fonte apontou que o governo também irá fazer um contingenciamento nas despesas do orçamento e que esse bloqueio deve ficar "bem próximo de 30 bilhões de reais".

As informações serão divulgadas no relatório bimestral de receitas e despesas, que o governo deve publicar até sexta-feira. No documento, a equipe econômica revisa seus parâmetros econômicos e suas estimativas para arrecadação e gastos no ano.

Em relação ao PIB, a estimativa oficial do governo ainda é de 2,5 por cento, enquanto economistas ouvidos pela pesquisa Focus realizada pelo Banco Central vêm revisando suas contas continuamente para baixo, tendo apontado uma expectativa de 2,01 por cento no levantamento mais recente.

Já o contingenciamento virá para consolidar uma postura de cautela, diante de incertezas envolvendo receitas esperadas para o ano, como os 12 bilhões de reais com privatização da Eletrobras que estavam discriminados no Orçamento.

O governo lança mão do contingenciamento para assegurar o cumprimento da meta de resultado primário, fixada neste ano em um déficit de 139 bilhões de reais.

Por Marcela Ayres

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247