Governo Bolsonaro dilapida caixa da Petrobrás, que paga duas vezes mais dividendos do que as gigantes globais do petróleo

Governo Bolsonaro está secando o caixa da empresa para favorecer acionistas privados

www.brasil247.com - Petrobras e Bolsonaro
Petrobras e Bolsonaro (Foto: Reuters)


247 – A política do governo Bolsonaro de dilapidar o caixa da Petrobrás para favorecer acionistas privados da estatal, comprometendo investimentos futuros, criou uma situação atípica: a estatal brasileira paga dividendos duas vezes maiores do que as gigantes globais do setor. Confira, abaixo, reportagem da Reuters:

Reuters – A Petrobras vai distribuir pelo menos duas vezes mais dividendos no segundo trimestre do que as maiores produtoras de petróleo do planeta, enchendo os cofres do governo em meio a um tenso período eleitoral.

As cinco maiores produtoras de petróleo do Ocidente --a Exxon Mobil Corp, a Chevron Corp., a Shell PLC, a TotalEnergies e a BP --publicaram recordes em distribuições a seus acionistas nos últimos dias, entre 4 e 7,6 bilhões de dólares. Mas nenhuma delas chega perto do valor de 17 bilhões de dólares da Petrobras.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O governo brasileiro, que controla a maioria das ações com direito a votos da empresa, pediu no mês passado que a Petrobras e outras estatais aumentassem seus dividendos para financiar novos programas federais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O pedido veio enquanto o governo do presidente Jair Bolsonaro, que enfrenta neste ano uma dura batalha pela reeleição, contornou no mês passado o teto de gastos constitucional para financiar um pagamento maior em programa de transferência de renda para eleitores de baixa renda.

A Petrobras irá distribuir cerca de 60% a mais a seus acionistas do que seu lucro de 10,5 bilhões de dólares (54,33 bilhões de reais). Críticos dizem que o pagamento expressivo afetará os investimentos nos negócios da empresa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os dividendos da Petrobras são menores do que a estatal saudita Saudi Aramco, maior empresa petroleira do planeta, que produz 13 milhões de barris de equivalente de petróleo por dia (boed), cerca de cinco vezes mais que a Petrobras.

A Saudi Aramco tem distribuído 18,76 bilhões de dólares a seus acionistas por trimestre. O próximo valor de seus dividendos será publicado no dia 14 de agosto.

A norte-americana Exxon, que publicou o maior lucro trimestral entre as cinco maiores, gastou 7,6 bilhões de dólares em distribuições a acionistas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Bolsonaro tenta aumentar suas chances de reeleição atropelando medidas de investimentos em curto prazo, segundo críticos. As pesquisas mostram o atual presidente atrás do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Os pagamentos de dividendos serão feitos pela Petrobras antes do primeiro turno das eleições, marcado para o dia 2 de outubro.

A Petrobras disse que os preços mais altos do petróleo e as vendas de ativos permitiram o pagamento extra e não comprometeram os investimentos planejados. A empresa acrescentou que está em uma situação de caixa confortável e pode reter entre 8 bilhões e 10 bilhões de dólares em caixa este ano.

A Petrobras ainda reafirmou seu compromisso de distribuir pelo menos 60% de seu fluxo de caixa livre aos investidores.

"O pagamento extraordinário de dividendos provou ser a melhor alocação do caixa da empresa", disse a Petrobras em comunicado.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email