Governo Bolsonaro não deverá pagar 13º salário do Bolsa Família em 2020

Governo Jair Bolsonaro não deverá pagar um 13º salário referente ao Bolsa Família neste ano. A avaliação é que o auxílio emergencial pago durante a pandemia já corresponde a um 14º e 15º salários

Cartão do Bolsa Família
Cartão do Bolsa Família (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governo Jair Bolsonaro não deverá pagar um 13º salário para os beneficiários do Bolsa Família neste ano. A avaliação de membros da equipe econômica e assessores do Planalto é que o auxílio emergencial pago durante a pandemia já corresponde a um 14º e 15º salários. 

“As pessoas receberam pelo menos R$ 600 durante cinco meses. Esse valor é bem superior ao Bolsa Família e equivaleria a um 14º e a um 15º. Se pagarmos um 13º para beneficiários do Bolsa Família, também teremos que pagar para quem recebe o auxílio emergencial? Não está claro. Mas essa decisão é política e depende do presidente Bolsonaro. Mas não há debates sobre isso no governo”, disse um técnico da equipe econômica em entrevista ao UOL

Assessores ligados ao Planalto também teriam confirmado que o pagamento do 13º salário do Bolsa Família não está sendo discutido pelas assessorias jurídicas da Secretaria-Geral da Presidência da República e da Casa Civil. 

No ano passado, o governo chegou a editar uma Medida Provisória para pagar o 13º do Bolsa Família, visando cumprir uma promessa de campanha do próprio Bolsonaro. No início de 2020, porém, o governo manobrou para que a MP caducasse. 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247