Governo Bolsonaro quer incluir Renda Brasil na Constituição, diz líder governista no Senado

De acordo com o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho, uma das ideias é incluir as bases do Renda Brasil na Proposta de Emenda Constitucional do pacto federativo, cujo parecer prevê o corte de despesas para ampliar o teto de gastos

(Foto: Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Após o auxílio emergencial turbinar a popularidade do governo Jair Bolsonaro, o líder governista no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), quer incluir conceitos do Renda Brasil, programa social que visa substituir o Bolsa Família, na Constituição Federal . Segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo,  uma das ideias é incluir as bases do Renda Brasil na Proposta de Emenda Constitucional do pacto federativo, cujo parecer prevê o corte de despesas para ampliar o teto de gastos. 

Bezerra avalia que as medidas de desindexação, desvinculação e desobrigação pode resultar em um espaço da ordem de R$ 20 bilhões já em 2021, podendo ultrapassar os R$ 40 bilhões no exercício seguinte. A inflação baixa também permitiria desvincular o salário mínimo, que não seria corrigido automaticamente pelo INPC, e possibilitaria a transferência de recursos necessária para viabilizar o Renda Brasil. 

“Assim como nós colocamos na Constituinte de 88 o SUS (Sistema Único de Saúde), vamos assegurar a renda mínima”, disse. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email