Governo estuda renegociar dívidas da Copa dos estados com BNDES

Presidente interino Michel Temer afirmou nesta quarta-feira, em entrevista à rádio Jovem Pan, que irá chamar os governadores em breve para renegociar contraídas junto ao BNDES, em especial aqueles com financiamentos voltados para obras da Copa do Mundo de 2014; novo aceno ocorre dias após o governo federal já ter renegociado as dívidas dos Estados com a União

Presidente interino Michel Temer afirmou nesta quarta-feira, em entrevista à rádio Jovem Pan, que irá chamar os governadores em breve para renegociar contraídas junto ao BNDES, em especial aqueles com financiamentos voltados para obras da Copa do Mundo de 2014; novo aceno ocorre dias após o governo federal já ter renegociado as dívidas dos Estados com a União
Presidente interino Michel Temer afirmou nesta quarta-feira, em entrevista à rádio Jovem Pan, que irá chamar os governadores em breve para renegociar contraídas junto ao BNDES, em especial aqueles com financiamentos voltados para obras da Copa do Mundo de 2014; novo aceno ocorre dias após o governo federal já ter renegociado as dívidas dos Estados com a União (Foto: Aquiles Lins)

(Reuters) - O presidente interino Michel Temer afirmou nesta quarta-feira, em entrevista à rádio Jovem Pan, que o governo federal tem estudos avançados para oferecer aos Estados uma renegociação de dívidas contraídas junto ao BNDES, em especial aqueles com financiamentos voltados para obras da Copa do Mundo de 2014.

Temer disse que poderá chamar os governadores em breve para renegociar as dívidas com o BNDES, dias após o governo federal já ter renegociado as dívidas dos Estados com a União.

Na entrevista por telefone, Temer disse ainda que tem defendido candidatura única dos partidos da base aliada em caso de numa nova eleição para a presidência da Câmara dos Deputados, e exaltou também a "base sólida" do governo no Congresso.

(Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro)

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247