Governo extingue reserva entre Pará e Amapá para liberar mineração

Governo brasileiro extinguiu a Reserva Nacional de Cobre e Associadas (Renca), localizada nos Estados do Pará e Amapá, com o objetivo atrair investimentos para o setor de mineração; extinção da reserva, criada em 1984, foi proposta pelo Ministério de Minas e Energia em março, sob o argumento de que a medida era necessária para viabilizar o potencial mineral da região e estimular o desenvolvimento econômico; decreto publicado no Diário Oficial da União estipula que o fim da reserva "não afasta a aplicação de legislação específica sobre a vegetação nativa, unidades e conservação da natureza, terra indígenas e áreas em faixa de fronteira"

Governo brasileiro extinguiu a Reserva Nacional de Cobre e Associadas (Renca), localizada nos Estados do Pará e Amapá, com o objetivo atrair investimentos para o setor de mineração; extinção da reserva, criada em 1984, foi proposta pelo Ministério de Minas e Energia em março, sob o argumento de que a medida era necessária para viabilizar o potencial mineral da região e estimular o desenvolvimento econômico; decreto publicado no Diário Oficial da União estipula que o fim da reserva "não afasta a aplicação de legislação específica sobre a vegetação nativa, unidades e conservação da natureza, terra indígenas e áreas em faixa de fronteira"
Governo brasileiro extinguiu a Reserva Nacional de Cobre e Associadas (Renca), localizada nos Estados do Pará e Amapá, com o objetivo atrair investimentos para o setor de mineração; extinção da reserva, criada em 1984, foi proposta pelo Ministério de Minas e Energia em março, sob o argumento de que a medida era necessária para viabilizar o potencial mineral da região e estimular o desenvolvimento econômico; decreto publicado no Diário Oficial da União estipula que o fim da reserva "não afasta a aplicação de legislação específica sobre a vegetação nativa, unidades e conservação da natureza, terra indígenas e áreas em faixa de fronteira" (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - O governo brasileiro extinguiu a Reserva Nacional de Cobre e Associadas (Renca), localizada nos Estados do Pará e Amapá, com o
objetivo atrair investimentos para o setor de mineração, de acordo decreto presidencial publicado no Diário Oficial da União.

A extinção da reserva, criada em 1984, foi proposta pelo Ministério de Minas e Energia em março, sob o argumento de que a medida era necessária para viabilizar o potencial mineral da região e estimular o desenvolvimento econômico dos dois
Estados.

"A extinção ... não afasta a aplicação de legislação específica sobre a vegetação nativa, unidades e conservação da natureza, terra indígenas e áreas em faixa de fronteira", diz o Decreto nº 9.142.

(Por Raquel Stenzel)

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247