Governo registra rombo recorde de R$ 194,7 bi em junho, diz Tesouro

Déficit do governo central, formado pelo Tesouro Nacional, Banco Central e Previdência Social, chegou a R$ 194,734 bilhões em junho, recorde para o período. No primeiro semestre, o rombo foi de R$ 417,217 bilhões

(Foto: REUTERS/Pilar Olivares)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Marcela Ayres, Reuters - O governo central, formado por Tesouro Nacional, Banco Central e Previdência Social, registrou um déficit primário de 194,734 bilhões de reais em junho, recorde para o período, divulgou o Tesouro nesta quinta-feira. 

O dado veio pior que a projeção de um déficit de 160 bilhões de reais, segundo pesquisa da Reuters com analistas, e representou o dado mais fraco para o mês na série iniciada pelo Tesouro em 1997. 

No primeiro semestre, o rombo nas contas públicas foi de 417,217 bilhões de reais, contra déficit de 29,311 bilhões de reais em igual etapa de 2019. Em 12 meses, o déficit primário é de 483,9 bilhões de reais, equivalente a 6,71% do Produto Interno Bruto (PIB).

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247