Guedes: Brasil não vai recusar investimento chinês, apesar do alinhamento com EUA

Apesar do alinhamento do governo Jair Bolsonaro aos interesses da política externa dos EUA, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o Brasil está aberto a investimentos estrangeiros, incluindo os de origem chinesa, o que vai de encontro à política externa dos EUA, que querem reduzir a crescente influência da China na América Latina. "Nós vemos vocês fazendo negócios com chineses há anos. Por que nós não podemos? Por que não podemos deixar eles investirem em infraestrutura?", questionou

Guedes: Brasil não vai recusar investimento chinês, apesar do alinhamento com EUA
Guedes: Brasil não vai recusar investimento chinês, apesar do alinhamento com EUA

247 - Apesar do alinhamento do governo Jair Bolsonaro aos interesses da política externa dos Estados Unidos, o ministro da Economia Paulo Guedes disse que o Brasil está aberto a investimentos estrangeiros, incluindo os de origem chinesa, o que vai de encontro à política externa dos EUA, que querem reduzir a crescente influência da China na América Latina. "Nós vemos vocês fazendo negócios com chineses há anos. Por que nós não podemos? Por que não podemos deixar eles investirem em infraestrutura?", disse Guedes durante viagem oficial aos Estados Unidos.

"Os chineses querem dançar conosco e querem investir lá. Disse ao presidente: amamos os EUA, mas vamos fazer comércio com quem for mais lucrativo", afirmou Guedes. Nesta terça-feira (19), os presidentes Jair Bolsonaro e Donald Trump terão um encontro na Casa Branca e firmar um esboço para um pacto de livre comércio entre os dois países.

Guedes pediu, ainda, que os EUA ajudem a candidatura do Brasil para ingressar na Organização para Cooperação de Desenvolvimento Econômica (OCDE), vista pelo ministro como uma espécie de "selo de confiança internacional". "Os EUA são o único obstáculo para que entremos e é compreensível, porque estávamos na esquerda a maior parte do tempo, mas agora estamos na direita", afirmou Guedes.

 

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247