Guedes: Saques do FGTS e PIS-Pasep devem liberar R$ 63 bilhões

Com o País podendo entrar em recessão, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a liberação dos saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do PIS-Pasep deve colocar R$ 63 bilhões na economia do país

O ministro da Economia, Paulo Guedes
O ministro da Economia, Paulo Guedes (Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)

247 - O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a liberação dos saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do PIS-Pasep deve colocar R$ 63 bilhões na economia do país. 

À GloboNews, o titular da pasta afirmou que, com a aprovação em primeiro turno da reforma da Previdência na Câmara, governo irá anunciar medidas de estímulo à economia. O objetivo é liberar R$ 42 bilhões com os saques do FGTS e R$ 21 bilhões com PIS-Pasep.

Em sete meses de governo, a gestão ainda não apresentou propostas concretas para a retomada do crescimento. O Produto Interno Bruto (PIB) recuou 0,8% no trimestre encerrado em maio deste ano, na comparação com o trimestre encerrado em fevereiro (veja aqui).

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247