Guedes se irrita com vaias a Bolsonaro no Maracanã

Paulo Guedes saiu cuspindo fogo do túnel de acesso ao campo do Maracanã na final da Copa América. Assim que a comitiva presidencial entrou no campo, uma vaia tomou conta do estádio. O ministro deu meia volta e saiu pelos corredores do estádio sem despedidas e com ar de pouquíssimos amigos, informa o jornalista Ancelmo Gois

Paulo Guedes 
Paulo Guedes  (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 –  O ministro Paulo Guedes não gostou de presenciar a vaia ao presidente Jair Bolsonaro e sua comitiva no Maracanã. "Paulo Guedes saiu cuspindo fogo do túnel de acesso ao campo do Maracanã na final da Copa América. Assim que a comitiva presidencial entrou no campo, uma vaia tomou conta do estádio. O ministro deu meia volta e saiu pelos corredores do estádio sem despedidas e com ar de pouquíssimos amigos", informa o jornalista Ancelmo Gois, em sua coluna.

"Nada a ver com vaias ou aplausos. A culpa é da Conmebol, que organiza a Copa. Eu fui chamado para acompanhar o presidente na entrada do Estádio. Chegando lá, fomos avisados de que só poderiam entrar três pessoas. Um monte de bicões entrou, mas eu  outros ministros ficamos de fora. Então retornei puto ao lugar em que eu estava", justificou depois Guedes.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email