IBGE: Brasil gera três vezes mais vagas informais que formais

Em um ano, foram gerados pouco mais de 1,4 milhão de postos sem carteira assinada ou CNPJ, número bem maior que as 403 mil vagas formais, de acordo com dados divulgados pelo IBGE. Governo Bolsonaro ainda sem rumo para gerar empregos, aumentar nível de consumo e retoma crescimento

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Um levantamento divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontou que, a cada vaga no mercado formal, outras três são oferecidas sem as garantias trabalhistas. Em um ano, foram gerados pouco mais de 1,4 milhão de postos sem carteira assinada ou CNPJ, número bem maior que as 403 mil vagas formais.

De acordo com as estatísticas, a informalidade representa 41,4% da população ocupada, ou 38,8 milhões de brasileiros. São 24,3 milhões de trabalhadores por conta própria no trimestre encerrado em agosto, um aumento de 4,7% (mais 1,1 milhão de pessoas) na comparação com o mesmo período de 2018. O número de empregados sem carteira de trabalho assinada atingiu o recorde de 11,8 milhões de pessoas, alta anual de 5,9% (mais 661 mil pessoas).

Atualmente, a taxa de desemprego é de 11,8% no trimestre encerrado em agosto deste ano. São 12,6 milhões de desempregados.



O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email