Impacto da Lava Jato pode chegar a R$ 140 bilhões

Cálculo foi feito pelo economista tucano Gesner Oliveira, da GO Associados, que foi presidente do Cade e da Sabesp; impactos diretos e indiretos da investigação do esquema de corrupção entre empreiteiras e Petrobras representam, de acordo com a consultoria, uma retração de 2,5% do PIB; projeção havia sido elevada para R$ 187,2 bilhões recentemente, mas revisada para baixo após o anúncio do plano de negócios da Petrobras; "O impacto será um pouco menor, mas ainda muito significativo", afirma o economista; segundo ele, "o grosso das demissões ainda não ocorreu"; a presidente Dilma Rousseff e o ministro Aloizio Mercadante haviam estimado as perdas com a Lava Jato em 1% do PIB

Cálculo foi feito pelo economista tucano Gesner Oliveira, da GO Associados, que foi presidente do Cade e da Sabesp; impactos diretos e indiretos da investigação do esquema de corrupção entre empreiteiras e Petrobras representam, de acordo com a consultoria, uma retração de 2,5% do PIB; projeção havia sido elevada para R$ 187,2 bilhões recentemente, mas revisada para baixo após o anúncio do plano de negócios da Petrobras; "O impacto será um pouco menor, mas ainda muito significativo", afirma o economista; segundo ele, "o grosso das demissões ainda não ocorreu"; a presidente Dilma Rousseff e o ministro Aloizio Mercadante haviam estimado as perdas com a Lava Jato em 1% do PIB
Cálculo foi feito pelo economista tucano Gesner Oliveira, da GO Associados, que foi presidente do Cade e da Sabesp; impactos diretos e indiretos da investigação do esquema de corrupção entre empreiteiras e Petrobras representam, de acordo com a consultoria, uma retração de 2,5% do PIB; projeção havia sido elevada para R$ 187,2 bilhões recentemente, mas revisada para baixo após o anúncio do plano de negócios da Petrobras; "O impacto será um pouco menor, mas ainda muito significativo", afirma o economista; segundo ele, "o grosso das demissões ainda não ocorreu"; a presidente Dilma Rousseff e o ministro Aloizio Mercadante haviam estimado as perdas com a Lava Jato em 1% do PIB (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – A Operação Lava Jato, que investiga um esquema de corrupção envolvendo empreiteiras e a Petrobras, deve gerar um impacto de até R$ 140 bilhões na economia, segundo estimativa da GO Associados, do economista tucano Gesner Oliveira. O montante representa aproximadamente uma retração de 2,5% do PIB, de acordo com o estudo, que foi divulgado pelo portal G1, da Globo.

Levantamento feito em abril pela mesma empresa estimava perdas de R$ 87 bilhões. Recentemente, a projeção foi elevada para R$ 187,2 bilhões, mas depois revisada para baixo após o anúncio do plano de negócios da Petrobras, que reduziu em 37% os investimentos previstos pela petroleira entre 2015 e 2019.

"O impacto será um pouco menor, mas ainda muito significativo. No último cálculo consideramos uma redução de 42% nos investimentos da Petrobras", comentou Gesner Oliveira, que também é professor da FGV.

Para chegar aos R$ 140 bilhões, a consultoria considera a redução na estimativa de investimentos pela Petrobras e os efeitos sobre a cadeia de fornecedores. Também é considerada uma retração nos investimentos de empresas do setor da construção civil que estão sendo investigadas – este percentual é estimado em 30%.

Há ainda a contabilidade das perdas no valor bruto da produção, nos empregos – a consultoria prevê perda de até 1,9 milhão de postos de trabalho até o fim do ano –, nos salários – estimativa é de queda de R$ 22,4 bilhões na massa salarial em 2015 – e na geração de impostos – o estudo cita diminuição de R$ 9,4 bilhões em arrecadação.

"Infelizmente, o grosso das demissões ainda não ocorreu. Mas não acredito que no final do ano a gente tenha 2 milhões de empregos a menos no país. Há outros setores que vão expandir, apesar de todos os problemas", diz o economista. A GO Associados prevê para o PIB deste ano uma queda de 1,5% - número mais otimista do que a média do mercado.

A presidente Dilma Rousseff e o ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, haviam estimado as perdas com a Lava Jato em 1% do PIB (leia mais aqui e aqui).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email