Incêndios na Amazônia levam banco nórdico a suspender compra de títulos do governo Bolsonaro

Maior banco dos países nórdicos, o Nordea, suspendeu a compra as compras de títulos do governo brasileiro devido aos aumentos dos incêndios na Amazônia e à falta de resposta do governo Jair Bolsonaro sobre o assunto. “Se avaliarmos desenvolvimentos positivos, podemos suspender a quarentena antes de uma data definida – igualmente se a situação piorar, talvez tenhamos que excluir os títulos do Governo brasileiro do nosso universo”, disse Thede Ruest, chefe de dívida dos mercados emergentes do Nordea

(Foto: Divulgação-PR)

247 - O maior banco dos países nórdicos, o Nordea, suspendeu a compra as compras de títulos do governo brasileiro devido ao aumento dos incêndios e queimadas na Amazônia e à falta de resposta do governo Jair Bolsonaro sobre o assunto. Segundo reportagem do jornal El País, a instituição financeira adotou uma espécie de “quarentena temporária” para a compra de títulos lastreados em dólares e reais, sinalizando que a crise poderá se alastrar e alcançar o mercado financeiro. 

“Se avaliarmos desenvolvimentos positivos, podemos suspender a quarentena antes de uma data definida – igualmente se a situação piorar, talvez tenhamos que excluir os títulos do Governo brasileiro do nosso universo”, disse Thede Ruest, chefe de dívida dos mercados emergentes do Nordea. Segundo informações da agência Reuter, a Nordea Asset Management possui exposição atual de títulos brasileiros de cerca de 100 milhões de euros.

Ainda conforme a reportagem, “o banco nórdico afirmou, em nota, que o modo que ao Governo lida com a questão poderia afetar a estabilidade política no Brasil, ameaçando inclusive o acordo comercial entre o Mercosul e a União Europeia, e potencialmente levar companhias internacionais a boicotar produtos agrícolas brasileiros”.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247