Kassab já fala em intervenção após renúncia do presidente da Oi

Após a notícia da renúncia do presidente da Oi, Marco Schroeder, nesta sexta-feira 24, o governo Michel Temer já fala em intervenção federal na empresa; segundo o site Poder360, a decisão deverá ser tomada até terça-feira 28; o ministro das Comunicações, Gilberto Kassab, convocará uma reunião para tratar do tema

Após a notícia da renúncia do presidente da Oi, Marco Schroeder, nesta sexta-feira 24, o governo Michel Temer já fala em intervenção federal na empresa; segundo o site Poder360, a decisão deverá ser tomada até terça-feira 28; o ministro das Comunicações, Gilberto Kassab, convocará uma reunião para tratar do tema
Após a notícia da renúncia do presidente da Oi, Marco Schroeder, nesta sexta-feira 24, o governo Michel Temer já fala em intervenção federal na empresa; segundo o site Poder360, a decisão deverá ser tomada até terça-feira 28; o ministro das Comunicações, Gilberto Kassab, convocará uma reunião para tratar do tema (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Após a notícia da renúncia do presidente da Oi, Marco Schroeder, nesta sexta-feira 24, o governo Michel Temer já fala em intervenção federal na empresa. Segundo o site Poder360, a decisão deverá ser tomada até terça-feira 28.

Ao site, o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, declarou: "Vou convidar para uma reunião o presidente da Anatel, Juarez Quadros, e a ministra da AGU, Grace Mendonça, para avaliarmos juntos a situação".

"Com a responsabilidade de ser o ministro das Comunicações, vou propor a intervenção caso sejam percebidos indícios de que o processo não está de acordo com o compromisso de boa governança, com a neutralidade e com o entendimento que já foi estabelecido pela Justiça, pela Anatel e pelo governo", acrescentou.

A renúncia do executivo acontece em um delicado momento em que a empresa em recuperação judicial se aproxima da assembleia de credores marcada para 7 de dezembro e poderá decidir o futuro da operadora.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247