Lucro do BNDES cresce 68,7% no 3º trimestre e vai a R$ 2,7 bilhões

No aculado do ano até o final de setembro, o lucro liquido do BNDES foi de R$ 16,5 bilhões, aumento de quase 160% em relação ao mesmo período de 2018

Logo do BNDES na entrada da sede do banco no Rio de Janeiro
Logo do BNDES na entrada da sede do banco no Rio de Janeiro (Foto: REUTERS/Nacho Doce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) lucro líquido de 2,7 bilhões de reais no terceiro trimestre, alta de 68,7% sobre o mesmo período do ano passado, informou a instituição de fomento nesta quinta-feira.

“O resultado ficou estável ante o segundo trimestre, mas estamos andando bem, reagindo bem ao nosso reposicionamento e queremos ser um banco menos financeiro e mais com impacto”, disse o presidente do BNDES, Gustavo Montezano, à jornalistas.

No ano até o final de setembro, o lucro liquido do BNDES foi de 16,5 bilhões de reais, aumento de quase 160% em relação ao mesmo período de 2018. Segundo Montezano, o resultado do banco no ano é explicado pela melhor performance da carteira de ações, que de janeiro a setembro acumulou um ganho de 8,9 bilhões de reais, alta de 155,8 por cento.

Por Rodrigo Viga Gaier

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247