Lula: 'o povo não consegue comprar arroz e a prioridade do governo são os fazendeiros'

Ex-presidente comentou no Twitter a alta do arroz, que chega a ser vendido agora por R$ 42,99 nos supermercados brasileiros. "O povo precisa ter dinheiro para comprar comida", disse Lula

(Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-presidente Lula comentou no Twitter nesta quarta-feira (9) a alta no preço do arroz, que chega a ser vendido agora por R$ 42,99 em supermercados brasileiros. Lula condenou a preocupação do governo Jair Bolsonaro com os fazendeiros, que recebem subsídio para a exportação de alguns produtos, enquanto o povo não consegue adquirir os alimentos necessários para a sobrevivência.

"O povo não tá conseguindo comprar 1 kg de arroz. O preço não para de subir. Enquanto isso a prioridade do governo são os grandes fazendeiros que recebem subsídio para exportar soja e milho", escreveu.

Lula disse ainda lembrar de quando era presidente e ouvia relatos de queda no preço do arroz. "Sempre lembro da minha felicidade quando era presidente e alguém me falava que o preço do Tio João tinha baixado... 'Ô Lula, você viu que o arroz tá 8 reais?!'. Nossa como eu ficava feliz. O povo precisa ter dinheiro para comprar comida".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email