Maiores fortunas do Brasil perdem US$ 6,2 bi com crise de Temer

Desgoverno Temer faz mais ricos do Brasil terem prejuízo histórico; somente os donos desses bilionários sofreram queda de R$ 2,7 bilhões em investimentos em apenas três dias; o bilionário Joseph Safra, fundador do Banco Safra, sofreu a maior perda, de mais de US$ 1 bilhão; Jorge Paulo Lemann, a pessoa mais rica do Brasil, perdeu R$ 930 milhões; somente o 3G, fundo de investimentos no qual Lemann é sócio, perdeu R$ 1,8 bilhões em três dias

Desgoverno Temer faz mais ricos do Brasil terem prejuízo histórico; somente os donos desses bilionários sofreram queda de R$ 2,7 bilhões em investimentos em apenas três dias; o bilionário Joseph Safra, fundador do Banco Safra, sofreu a maior perda, de mais de US$ 1 bilhão; Jorge Paulo Lemann, a pessoa mais rica do Brasil, perdeu R$ 930 milhões; somente o 3G, fundo de investimentos no qual Lemann é sócio, perdeu R$ 1,8 bilhões em três dias
Desgoverno Temer faz mais ricos do Brasil terem prejuízo histórico; somente os donos desses bilionários sofreram queda de R$ 2,7 bilhões em investimentos em apenas três dias; o bilionário Joseph Safra, fundador do Banco Safra, sofreu a maior perda, de mais de US$ 1 bilhão; Jorge Paulo Lemann, a pessoa mais rica do Brasil, perdeu R$ 930 milhões; somente o 3G, fundo de investimentos no qual Lemann é sócio, perdeu R$ 1,8 bilhões em três dias (Foto: Charles Nisz)

247 - A crise política do governo Michel Temer está custando caro à elite brasileira. Os 16 mais ricos do Brasil perderam o equivalente a R$ 20 bilhões somente desde a última quarta-feira (17). O índice Bloomberg Billionaires monitora grandes fortunas e aponta queda de ativos brasileiros desde a revelação do aval de Temer para a JBS comprar o silêncio de Eduardo Cunha.

O índice Bovespa caiu 8,8%, maior queda desde a crise econômica causada pelos títulos imobiliários dos EUA em 2008. O bilionário Joseph Safra, fundador do Banco Safra, sofreu a maior perda, de mais de US$ 1 bilhão. Jorge Lemann, a pessoa mais rica do Brasil, perdeu R$ 930 milhões. Somente o 3G, fundo de investimentos no qual Lemann é sócio, perdeu R$ 1,8 bilhões em três dias.

O índice Bloomberg é um ranking diário das 500 pessoas mais ricas do mundo, que possuem US$ 4,8 trilhões

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247