Mantega nega uso do BNDES para fins políticos

Em depoimento à CPI do BNDES, ex-ministro da Fazenda afirmou que o banco tem regras rígidas, e as operações de crédito são definidas por técnicos, sem qualquer motivação político-partidária; "Não há essa vinculação. O BNDES tem de estimular o crescimento e a produtividade. Isso com quem quer que seja. Não há nenhum partidarismo na liberação dos recursos", declarou Guido Mantega, que presidiu o banco entre 2004 e 2006

mantega
 
mantega   (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Câmara - O ex-ministro da Fazenda Guido Mantega disse há pouco, em depoimento na CPI do BNDES, que o governo não utilizou o banco com fins políticos, para beneficiar grupos econômicos ligados a ele ou governos estrangeiros próximos ao PT, como o da Venezuela.

Em resposta ao deputado Alxandre Baldy (PSDB-GO), Mantega afirmou que o banco tem regras rígidas, e as operações de crédito são definidas por técnicos, sem qualquer motivação político-partidária. "Não há essa vinculação. O BNDES tem de estimular o crescimento e a produtividade. Isso com quem quer que seja. Não há nenhum partidarismo na liberação dos recursos", declarou Mantega, que presidiu o banco entre 2004 e 2006.

O ex-ministro, que depõe há pouco mais de duas horas na CPI, comentou ainda que não houve uma política, por parte do BNDES, de concentrar empréstimos para as chamadas "campeãs nacionais", grandes grupos econômicos brasileiros com maior potencial de inserção no mercado mundial.

Segundo ele, os empréstimos do banco são baseados apenas no interesse das empresas e na capacidade de pagamento delas. "Eu não vi mudança de comportamento do BNDES em relação a isso [foco nas campeãs]. É claro que existem companhias maiores, que recebem mais recurso porque os projetos são maiores", argumentou.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247