Meirelles defende ajuste acompanhado de reformas

"No Brasil, isso compreende as reformas tributária e trabalhista e um programa que viabilize investimentos maciços em infraestrutura com retornos atrativos ao capital hoje disponível no mundo", diz o ex-presidente do Banco Central, Henrique Meirelles; "para fazer isso, é necessário um governo com direção clara, comando firme, liderança política e capacidade de comunicar que existe luz no fim do túnel"

Meirelles defende ajuste acompanhado de reformas
Meirelles defende ajuste acompanhado de reformas (Foto: Ze Carlos Barretta)

247 - O ex-presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, defende que o ajuste fiscal, proposto pela presidente Dilma Rousseff, venha acompanhado de um pacote de reformas estruturais.

No artigo Guia para os perplexos, ele diz que "o leitor tem o direito de estar perplexo com o Brasil".

"Enquanto grupo importante de economistas manifesta apoio e otimismo com as medidas fiscais e monetárias do Ministério da Fazenda e do Banco Central, outro grupo argumenta que o aperto fiscal não será suficiente, que o aperto monetário veio tarde diante da alta expectativa de inflação e que falta ainda uma agenda de reformas para retomar o crescimento", afirma. "Já empresários de diversos setores expressam descontentamento e revolta com o aumento de impostos em momento de queda das vendas, centrais sindicais mostram indignação diante do corte de direitos trabalhistas e políticos da base governista se unem à oposição e derrotam o governo em questões importantes."

Segundo Meirelles, "a carga tributária enfrentada pela população e pelas empresas é excessiva para um país emergente como o Brasil, ainda mais considerando a qualidade dos serviços públicos".

Daí a necessidade de reformas. "No Brasil, isso compreende as reformas tributária e trabalhista e um programa que viabilize investimentos maciços em infraestrutura com retornos atrativos ao capital hoje disponível no mundo", afirma. "Para fazer isso, é necessário um governo com direção clara, comando firme, liderança política e capacidade de comunicar que existe luz no fim do túnel."

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247