Meirelles diz achar “pouco provável” afastamento de Temer pelo TSE

Ministro da Economia, Henrique Meirelles, disse considerar "pouco provável" que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vote pela cassação da chapa que elegeu Dilma Rousseff e Michel Temer em 2014; "Não tenho comentário político a fazer. Acho pouco provável que haja alguma coisa nessa direção [cassação de Temer] num prazo razoável", avaliou ; julgamento da ação pelo TSE devera ter sido iniciado nesta terça-feira (4), mas foi adiado porque a corte decidiu dar mais cinco dias de prazo para que as defesas se manifestassem

Brazilian Finance Minister Henrique Meirelles (L) and acting President Michel Temer attend a meeting 
Brazilian Finance Minister Henrique Meirelles (L) and acting President Michel Temer attend a meeting  (Foto: Paulo Emílio)

247 - O ministro da Economia, Henrique Meirelles, disse considerar "pouco provável" que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vote pela cassação da chapa que elegeu Dilma Rousseff e Michel Temer em 2014. "Não tenho comentário político a fazer. Acho pouco provável que haja alguma coisa nessa direção [cassação de Temer] num prazo razoável", avaliou Meirelles.

Afirmação do ministro foi feita após ele ser indagado por repórteres se a cassação da chapa Dilma-Temer seria um suicídio econômico, como avaliam diversos analistas do setor.

O julgamento da ação pelo TSE devera ter sido iniciado nesta terça-feira (4), mas foi adiado porque a corte decidiu dar mais cinco dias de prazo para que as defesas se manifestassem.

 

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247