Meirelles diz que rombo do rombo ‘não chega a R$ 165 bilhões’

Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou que as novas metas de déficit primário de 2017 e 2018 deverão ser anunciadas até quarta-feira 16, e que elas não deverão subir para algo entre R$ 165 bilhões e R$ 170 bilhões

Meirelles, durante seminário em Brasília 17/4/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino
Meirelles, durante seminário em Brasília 17/4/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino (Foto: Paulo Emílio)

Reuters - O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou que as novas metas de déficit primário de 2017 e 2018 deverão ser anunciadas até quarta-feira, e que elas não deverão subir para algo entre 165 bilhões e 170 bilhões de reais.

Meirelles, que participou nesta terça-feira de encontro com parlamentares da base aliada na residência do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse ainda que houve o esforço de convencimento sobre a importância neste momento da aprovação de projetos da criação da Taxa de Longo Prazo (TLP), do Refis e da Reoneração da folha de pagamentos.

"Estamos discutindo aumento de receitas extraordinárias, e não aumento de despesas", afirmou ele a jornalistas.

Reportagem de Marcela Ayres

Ao vivo na TV 247 Youtube 247