Mercado mantém projeção do PIB em 2013

Após quatro semanas seguidas reduzindo a expectativa para o crescimento da economia neste ano, o mercado deixou inalterada em 3,10% a perspectiva de expansão do PIB nesta segunda-feira, ao mesmo tempo em que diminuiu a estimativa para o dólar

Mercado mantém projeção do PIB em 2013
Mercado mantém projeção do PIB em 2013 (Foto: Daniel Marenco)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SÃO PAULO, 4 Fev (Reuters) - Após quatro semanas seguidas reduzindo a projeção para o crescimento da economia neste ano, o mercado deixou inalterada em 3,10 por cento a perspectiva de expansão do PIB na pesquisa Focus do Banco Central divulgada nesta segunda-feira, ao mesmo tempo em que diminuiu a estimativa para o dólar.

A previsão para o dólar para o fim deste ano foi reduzida a 2,05 reais ante 2,07 reais anteriormente.

Em relação à inflação, os analistas calculam agora que o IPCA encerrará 2013 com alta de 5,68 por cento, ante 5,67 por cento anteriormente.

(Por Camila Moreira)

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247