Micro e pequenas empresas terão mais prazo para pagar tributos

De acordo com a Confederação Nacional dos Municípios, adiar os recolhimentos não significa abrir mão de receita e permitirá manter empregos

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Comitê Gestor do Simples aprovou a ampliação da prorrogação de impostos de micro e pequenas empresas por três meses. Ficou decidido que a postergação deve valer também para as partes estaduais e municipais. O adiamento já estava confirmado, mas em relação à parcela federal do imposto das micro e pequenas empresas.

De acordo com a Confederação Nacional dos Municípios, adiar os recolhimentos não significa abrir mão de receita e permitirá manter empregos.  As informações foram publicados na coluna Painel

Defensores da ampliação do prazo em todas as esferas afirmam que a postergação apenas na parte federal traria mais burocracia para as empresas, que passariam a ter de calcular tanto o imposto a ser pago no mês como também a parcela que ficou prorrogada.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email