Ministro de Bolsonaro anuncia que aeroportos serão privatizados e Infraero 'vai acabar'

Tarcísio Gomes de Freitas, futuro ministro da Infraestrutura, informou que o governo de Jair Bolsonaro (PSL) deverá entregar toda a rede de aeroportos do Brasil à iniciativa privada em até três anos; segundo ele, a Infraero "vai acabar", sendo  será liquidada ou privatizada; Freitas disse, ainda, que a escolha de Paes de Barros para dirigir a Anac foi feita em função de seu alinhamento aos planos do futuro governo por ter um "profundo conhecimento técnico na área e vai alinhar conosco o programa de concessões dos aeroportos", afirmou

Ministro de Bolsonaro anuncia que aeroportos serão privatizados e Infraero 'vai acabar'
Ministro de Bolsonaro anuncia que aeroportos serão privatizados e Infraero 'vai acabar' (Foto: ABr | Reprodução)

247 - Tarcísio Gomes de Freitas, futuro ministro da Infraestrutura, informou que o governo de Jair Bolsonaro (PSL) deverá entregar toda a rede de aeroportos do Brasil à iniciativa privada em até três anos. Segundo ele, a Infraero, estatal que administra a infraestrutura aeroportuária, será liquidada ou privatizada. "Vai acabar", disse Freitas ao jornal O Estado de S. Paulo.

Ainda segundo o futuro ministro, a escolha de Paes de Barros para dirigir a Agência Nacional de Aviação (Anac) foi baseada em função de seu alinhamento aos planos do futuro governo de acelerar o máximo de concessões que for possível. "É um grande nome, que tem profundo conhecimento técnico na área e vai alinhar conosco o programa de concessões dos aeroportos", afirmou.

Segundo ele, a intenção é realizar, já em março do próximo ano, o leilão dos 12 aeroportos nas regiões Norte, Nordeste e Centro-oeste. O edital destes terminais aeroportuários já foi elaborado pelo governo Michel Temer. Em seguida, outros três aeroportos seriam alvo de um novo leilão. Após o término desta rodada, um novo leilão com o sétimo e último lote de terminais deverá ser realizado.

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247