Ministros do STJ têm R$ 40 mil por ano para gastar em passagens

Os ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) têm à disposição mais de R$ 40 mil por ano para comprar passagens aéreas nacionais; última resolução sobre o tema foi assinada pelo ministro Francisco Falcão em 2014, quando ele presidia a corte; no Supremo Tribunal Federal Federal (STF), a verba é de R$ 51,6 mil

Os ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) têm à disposição mais de R$ 40 mil por ano para comprar passagens aéreas nacionais; última resolução sobre o tema foi assinada pelo ministro Francisco Falcão em 2014, quando ele presidia a corte; no Supremo Tribunal Federal Federal (STF), a verba é de R$ 51,6 mil
Os ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) têm à disposição mais de R$ 40 mil por ano para comprar passagens aéreas nacionais; última resolução sobre o tema foi assinada pelo ministro Francisco Falcão em 2014, quando ele presidia a corte; no Supremo Tribunal Federal Federal (STF), a verba é de R$ 51,6 mil (Foto: Aquiles Lins)

247 - Os ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) têm à disposição mais de R$ 40 mil por ano para comprar passagens aéreas nacionais. A última resolução sobre o tema foi assinada pelo ministro Francisco Falcão em 2014, quando ele presidia a corte.

Segundo a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, deste sábado, 17, no Supremo Tribunal Federal Federal (STF), a verba é de R$ 51,6 mil.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247