Mudar a política de conteúdo local é um erro, diz dirigente da Fiesp

Para José Ricardo Roriz Coelho, vice-presidente e diretor do Departamento de Competitividade e Tecnologia da Fiesp, a mudança nas regras da política de conteúdo local pelo governo Temer foi "uma decisão completamente errada, que afeta milhares de empresas no momento em que o País tem 12 milhões de desempregados"

Para José Ricardo Roriz Coelho, vice-presidente e diretor do Departamento de Competitividade e Tecnologia da Fiesp, a mudança nas regras da política de conteúdo local pelo governo Temer foi "uma decisão completamente errada, que afeta milhares de empresas no momento em que o País tem 12 milhões de desempregados"
Para José Ricardo Roriz Coelho, vice-presidente e diretor do Departamento de Competitividade e Tecnologia da Fiesp, a mudança nas regras da política de conteúdo local pelo governo Temer foi "uma decisão completamente errada, que afeta milhares de empresas no momento em que o País tem 12 milhões de desempregados" (Foto: Gisele Federicce)

247 - Mudar a política de conteúdo local foi um erro cometido pelo governo Michel Temer, avalia José Ricardo Roriz Coelho, vice-presidente e diretor do Departamento de Competitividade e Tecnologia da Fiesp, Federação das Indústrias do Estado de São Paulo.

Foi "uma decisão completamente errada, que afeta milhares de empresas no momento em que o País tem 12 milhões de desempregados", disse ele, em entrevista à revista CartaCapital.

"Ao longo do tempo, o País gerou capacitação, criou empregos, treinou pessoal, fez investimentos. De uma hora para outra, para satisfazer meia dúzia de petroleiras, a Petrobras incluída, em detrimento de milhares de outras que participam da cadeia produtiva, o governo mudou a política sob o pretexto de que não haverá investimento no Brasil se não tiver uma política que restrinja a produção doméstica. Não concordo", acrescentou.

Leia aqui a íntegra.

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247