Na farra do pré-sal, 27 petroleiras investem R$ 21 bi para arrancar a pele do país

De olho no potencial do pré-sal, que vem sendo vendido pelo governo Michel Temer a preços irrisórios, as multinacionais do setor já investiram R$ 21,1 bilhões para assegurar o acesso aos ativos cujo potencial é tido como um dos maiores em nível mundial; investimentos foram feitos por 27 petroleiras nos cinco leilões de rodadas do pré-sal realizadas nos últimos nove meses

plataforma petroleo pré-sal
plataforma petroleo pré-sal (Foto: Paulo Emílio)

247 - De olho no potencial do pré-sal, que vem sendo vendido pelo governo Michel Temer a preços irrisórios, as multinacionais do setor já investiram R$ 21,1 bilhões para assegurar o acesso aos ativos cujo potencial é tido como um dos maiores em nível mundial, podendo chegar a ser dez vezes maior que o valor investido. Os investimentos foram feitos por 27 petroleiras nos cinco leilões de rodadas do pré-sal realizadas nos últimos nove meses.

De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, a estimativa é que os investimentos nas 68 áreas leiloadas desde 2017 chegue a cerca de R$ 3,5 bilhões. Os maiores investimentos foram feitos pela multinacional ExxonMobil, que pagou R$ 6,7 bilhões por 20 blocos. A Petrobras, que também adquiriu 20 blocos, pagou R$ 6,15 bilhões.

A estatal brasileira, que vem encolhendo sua participação com a venda de ativos estratégicos, deverá registrar um lucro de cerca de R$ 30 bilhões em 2018, graças à politica de preços escorchantes implantada por Pedro Parente que atrelou o preço dos combustíveis ao dólar e a cotação do petróleo no mercado internacional -o que dá uma dimensão do lucro potencial prometido às petroleiras pelo governo Temer. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247