O fim da tragédia grega

Pas que deflagrou a crise europeia est bem perto de fechar um acordo com seus credores, segundo o ministro Evangelos Venizelos

O fim da tragédia grega
O fim da tragédia grega (Foto: Divulgação/Edmund Nagele PCL)

O ministro das Finanças da Grécia, Evangelos Venizelos, disse hoje que o país está bem próximo a um acordo com os credores internacionais para um segundo pacote de socorro financeiro, mas ressaltou que divergências importantes ainda permanecem. 

Depois de uma teleconferência de duas horas com ministros de Finanças dos 17 países da zona do euro, Venizelos disse que a Grécia conseguiu reduzir o escopo das negociações, que devem estar concluídas até o final do domingo. "Estamos naquele ponto em que o líderes políticos devem tomar uma decisão e comprometerem-se a ela", disse Venizelos a jornalistas.

Os líderes da Grécia e da Europa, juntamente com o Fundo Monetário Internacional (FMI), concordaram num plano de recapitalização para os credores locais e num cronograma de privatização, o ministro informou. Mas permanecem as diferenças sobre maneiras de reduzir os custos da mão de obra como forma de melhorar a competitividade e também sobre medidas necessárias para ajudar o país a cumprir as metas fiscais de 2012.

A Grécia está mantendo negociações paralelas com líderes europeus e também com o FMI para um novo pacote de ajuda financeira no valor de 130 bilhões de euros. Ao mesmo tempo, o governo grego está negociando um plano de redução da sua dívida no valor de 100 bilhões de euros com os credores privados.

As declarações de Venizelos antecedem o encontro de amanhã que foi pedido pelo primeiro-ministro grego Lucas Papademos com os líderes dos três partidos políticos que formam a coalizão de seu governo como forma de ganhar apoio para as medidas impolulares que precisam ser adotadas. As informações são da Dow Jones.

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247