Odebrecht espera US$ 600 mi do BNDES

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) vai começar os trâmites para liberar US$ 600 milhões à Odebrecht Engenharia e Construção (OEC) por obras já realizadas fora do Brasil e cujas exportações de bens e serviços estão confirmadas; segundo pessoas a par do assunto, o banco aceitou, além de regularizar essas liberações em atraso, reavaliar a normalização de projetos pendentes com linhas já aprovadas e ainda abrir diálogo sobre financiamento a novos projetos

Odebrecht
Odebrecht (Foto: Giuliana Miranda)

247 - O BNDES vai começar os trâmites para liberar US$ 600 milhões à Odebrecht Engenharia e Construção (OEC) por obras já realizadas fora do Brasil e cujas exportações de bens e serviços estão confirmadas. Segundo pessoas a par do assunto, o banco aceitou, além de regularizar essas liberações em atraso, reavaliar a normalização de projetos pendentes com linhas já aprovadas e ainda abrir diálogo sobre financiamento a novos projetos.

As informações são de reportagem do Valor.

"Os recursos chegarão num momento de grande pressão sobre a situação financeira do grupo. A reduzida liquidez da OEC e a dificuldade no avanço do programa de venda de ativos lançado pela holding ODB há um ano trouxeram de volta o risco de que a recuperação judicial se torne a única saída para o grupo.

Na quinta-feira, um time do alto escalão da Odebrecht esteve no BNDES, no Rio, disposto a definir o futuro das linhas de exportação. Da conversa, saíram com respostas animadoras."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247