ONS prevê cenário hídrico "bastante preocupante" para 2022, diz diretor-geral

"Nossas projeções e análises mostram ainda um 2022 bastante preocupante, temos que estar mobilizados para enfrentar a estação seca do ano que vem", disse o diretor-geral do ONS, Luiz Carlos Ciocchi

Consumo de energia elétrica continua em alta no país
Consumo de energia elétrica continua em alta no país (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News

Marta Nogueira, Reuters - O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) vê ainda um cenário "bastante preocupante" para 2022, diante de seca nos reservatórios de hidrelétricas, e recomenda que o país permaneça mobilizado para enfrentar a próxima estação seca, afirmou nesta quarta-feira o diretor-geral, Luiz Carlos Ciocchi.

O diretor-geral do ONS destacou que há expectativas de que a estação chuvosa chegará dentro do esperado neste ano e apontou que as chuvas dos últimos dias foram muito bem-vindas, mas não ainda o suficiente.

"Nossas projeções e análises mostram ainda um 2022 bastante preocupante, temos que estar mobilizados para enfrentar a estação seca do ano que vem", afirmou Ciocchi, ao participar de coletiva de imprensa após do Enase, evento do setor realizado pelo Canal Energia.

PUBLICIDADE

"Nós não podemos desmobilizar esforços que estão sendo feitos no sentido de trazer o máximo possível de energia termelétrica para o sistema."

Ciocchi também ressaltou que o programa do governo federal que visa uma redução voluntária da demanda de grandes consumidores tem apresentado resultados positivos.

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email