Pandemia deixou os bilionários ainda mais ricos: US$ 10 trilhões

A fortuna dos bilionários cresceu durante a pandemia da covid-19, passando de US$ 10 trilhões

(Foto: Roberto Parizotti/FotosPublicas | Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Segundo estudo do banco suíço UBS e da agência de auditoria e assessoria PWC, a fortuna acumulada dos bilionários em meio à pandemia do novo coronavírus atingiu mais de US$ 10,2 trilhões, um novo recorde desde 2017, ano em que as fortunas dos mais ricos chegou a US$ 8,9 trilhões.

De acordo com o levantamento, a fortuna dos bilionários cresceu durante a pandemia da covid-19, passando de US$ 10 trilhões, graças ao aumento das Bolsas e apesar do golpe sofrido pela economia mundial.

A fortuna dos bilionários se recuperou rapidamente em meio à pandemia graças aos gigantes da tecnologia e da saúde. E o número de bilionário subiu para 2.189 membros no final de julho, 31 a mais do que em 2017.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247